Coxim/MS, Sábado, 20 de Abril de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 03 de Abril de 2019, 17h:54
Tamanho do texto A - A+

Conselho tutelar de Coxim tem inscrições abertas

Inscrições começaram nesta segunda-feira (01) e seguem até o dia 30 de abril

Flavia Andrade
Capital News

Divulgação

Campo Grande tem três agências de atendimento do Conselho Tutelar

Inscrições começaram nesta segunda-feira (01) e seguem até o dia 30 de abril

 

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e a Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) estão com inscrições abertas para candidatos a membros do Conselho Tutelar para o quadriênio 2020/2023.

 

As inscrições serão realizadas até o dia 30 de abril de 2019. Os interessados ao cargo devem atentar ao edital no site da Prefeitura, no Diário Oficial do Município e na sede da SEMCAS. O salário do Conselheiro Tutelar é de R$ 1.974,12.

 

Os membros do Conselho Tutelar exercerão suas atividades em regime de dedicação exclusiva, inclusive em regime de plantão/sobreaviso, assim como da realização de outras diligências e tarefas inerentes ao órgão. 

 

Para realizar a inscrição os candidatos devem se dirigir a sede da SEMCAS, à avenida Virgínia Ferreira, 78, das 7h às 11h, em dias úteis, entre os dias 01/04/2019 ao dia 30/04/2019;

 

O conselho tutelar é um órgão permanente e autônomo, eleito pela sociedade para zelar pelos direitos das Crianças e dos Adolescentes. Os conselheiros acompanham os crianças e adolescentes em situação de risco e decidem em conjunto sobre qual medida de proteção para cada caso.

 

O exercício efetivo da função de conselheiro constitui serviço público relevante e quem o pratica deve ser pessoa idônea, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

Seu trabalho é basicamente norteado sob denúncias, por isso, sempre que se perceba abuso ou situações de risco contra menores, como por exemplo, em casos de violência física ou emocional, o Conselho Tutelar deve ser acionado.

 

É imprescindível que o conselheiro tutelar seja capaz de manter diálogo com pais ou responsáveis legais, comunidade, poder judiciário e executivo e com as crianças e adolescentes. Para isso é de extrema importância que os eleitos para o a função de conselheiro tutelar sejam pessoas comunicativas, competentes e com capacidade para mediar conflitos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix