00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Cotidiano Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015, 11:35 - A | A

Sexta-feira, 18 de Setembro de 2015, 11h:35 - A | A

Palestras

Empreendedorismo Feminino em Pauta foi tema de debatido em Coxim

a importância do empreendedorismo como ferramenta para as mulheres conquistarem a autonomia social e econômica.

Rafael Dias
Capital News

divulgação/Sebrae

Empreendedorismo Feminino em Pauta foi tema de debatido em Coxim

Enfrentei dificuldades, mas nunca me abati ou pensei em desistir e tudo o que conquistei foi resultado de muito trabalho, diz Terezinha Cândido

Estamos vivendo um momento que talvez seja considera o marco de um movimento de mulheres empreendedoras no futuro. Hoje, no Brasil cerca de 45% dos pequenos negócios são administrados por mulheres e elas querem mais. A cada dia, cerca de 40 novas mulheres passam a integrar esse mercado.   

 

“Quando me formei, a maioria dos profissionais eram homens. Enfrentei dificuldades, mas nunca me abati ou pensei em desistir e tudo o que conquistei foi resultado de muito trabalho e apoio da minha família”. A afirmação foi feita pela diretora secretária do Sistema Famasul – Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Terezinha Cândido, durante o painel ‘Mulher de Negócios - Empreendedorismo Feminino em Pauta’, realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas empresas (SEBRAE), realizada nesta semana em Coxim.

 

O evento é parte da programação da Rota do Desenvolvimento, entre os dias 15 e 17 de setembro, contemplando os municípios da região norte do Estado. Foram convidadas cinco mulheres com diferentes atuações na economia que compartilharam para um público de quase 150 pessoas, suas histórias de vida e trajetória profissional.

 

Na avaliação da diretora técnica do Sebrae/MS, Maristela França, o encontro é uma oportunidade para desenvolver o empreendedorismo feminino no Estado e aproximar a realidade de diferentes regiões. “Temos aqui neste bate-papo profissionais de Rio Verde, São Gabriel do Oeste, Coxim e Campo Grande que se destacaram por estar em desenvolvimento constante. É preciso fortalecer o espirito de cooperação entre as mulheres para que possam crescer ainda mais como profissionais”, reforça.

 

Comente esta notícia