Quinta-feira, 30 de Maio de 2024


Cotidiano Quinta-feira, 02 de Junho de 2022, 09:10 - A | A

Quinta-feira, 02 de Junho de 2022, 09h:10 - A | A

Melhorias

Governo investe R$ 6,1 milhões na manutenção de rodovias na região de Coxim

Obras vão ocorrer em um trecho de 601 km na malha rodoviária

Rogério Vidmantas
Capital News

Saul Schramm

Estrada Coxim

Estradas vão receber manutenção e melhorias

O Governo do Estado publicou nesta quarta-feira (1), no Diário Oficial, contrato para manutenção e conservação de estradas na malha rodoviária de Coxim, na região norte de Mato Grosso do Sul. O investimento será de R$ 6,1 milhões que deve impactar a infraestrutura e logística do município.

 

As obras vão ocorrer em um trecho de 601,500 km, na malha rodoviária da 10° residencial regional de Coxim. Os recursos são advindos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS).

 

Desde 2015 já foram investidos R$ 4,6 bilhões em infraestrutura, sendo $ 1,3 bilhão apenas na manutenção de rodovias não pavimentadas e de pontes de madeira. Neste mesmo período são 6 mil quilômetros de rodovias cascalhadas e 777 km de estradas implantadas e pavimentadas no Estado.

 

O objetivo do Governo do Estado é melhorar a infraestrutura rodoviária, para contribuir com a logística, escoamento da produção e desenvolvimento das regiões, com a integração dos polos econômicos. Além disto proporciona um tráfego mais seguro nas rodovias estaduais.

 

“Nós estamos ligando regiões produtivas importantes. O Estado recuperou a capacidade de investi. Os investimentos são importantes porque fortalecem a estrutura de logística, tornando nossos produtos mais competitivos. Por isso seguem as obras de pavimentação, restauração e conservação das rodovias”, descreveu o governador Reinaldo Azambuja.

 

Os investimentos seguem neste ano, com 60 obras (rodovias estaduais) em andamento, sendo 47 de pavimentação, com custo de R$ 1,7 bilhão e mais 13 de restauração (R$ 330 milhões). Elas juntas somam atividades em 1.320,18 km na malha rodoviária. São obras em todas as regiões do Estado.

 

Comente esta notícia