Quarta-feira, 29 de Maio de 2024


Cotidiano Terça-feira, 14 de Março de 2023, 16:26 - A | A

Terça-feira, 14 de Março de 2023, 16h:26 - A | A

Solidariedade

Pai rifa o próprio carro para custear cirurgia de R$ 154 mil para o filho

Menino de 11 anos precisa passar por correção dos pés e joelhos

Livia Bezerra
Capital News

Reprodução de vídeo

Pai rifa o próprio carro para custear cirurgia de R$ 154 mil para o filho

Menino de 11 anos precisa passar por correção dos pés e joelhos

Rychard Gabriel, morador de Coxim, tem apenas 11 anos, mas já enfrenta uma grande luta pela saúde, a cirurgia para corrigir os pés e joelhos, acometidos pela hidrocefalia e mielomeningocele, e que custa R$ 154.900,00. O pai, Milton César, decidiu rifar o próprio carro, um Gol 97, para custear a operação, que não tem na rede pública de saúde.

Reprodução de vídeo

Pai rifa o próprio carro para custear cirurgia de R$ 154 mil para o filho

Pai decidiu rifar o próprio carro para custear a cirurgia do filho

 

Assim como todo pai não mede esforços para ver um filho bem e saudável, Milton, de 34 anos, resolveu rifar o carro após a sugestão de um amigo, “Eu disse a ele que o carro não daria o valor da cirurgia, foi então quando meu amigo me sugeriu rifar o meu Gol 97”, afirma o pai em entrevista ao Jornal Capital News.

"O menino sonha andar melhor, correr e poder brincar com mais qualidade de vida"

 

Indagado sobre a reação do filho ao saber da rifa, o pai disse que ele ficou muito feliz e ansioso para que a meta seja atingida, pois o menino sonha andar melhor, correr e poder brincar com mais qualidade de vida.

 

Conforme Milton, o filho precisa da cirurgia para conseguir sustentar o peso do próprio corpo e ficar em pé sem ajuda de outras pessoas. A operação precisa ser realizada o mais rápido possível, antes de Rychard completar 12 anos de idade, pois a partir dessa faixa etária os nervos já podem atrofiar.

 

Além da rifa do Gol 97, que custa R$ 50, a família de Rychard criou uma vaquinha online para tentar arrecadar o valor da cirurgia. Para mais informações sobre como ajudar, é só entrar em contato no telefone: (67) 99997-1830 (Milton César).

 

Comente esta notícia