Coxim/MS, Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 05 de Outubro de 2021, 13h:05
Tamanho do texto A - A+

Pela terceira vez, ex-prefeito é condenado por improbidade administrativa

Jesus Baird poderá ficar mais tempo inelegível do que exercendo algum cargo público

Elaine Silva
Capital News

Prefeitura de Costa Rica

Jesus Queiroz Baird

Jesus Queiroz Baird

 

Ex-prefeito de Costa Rica e atual secretário Municipal de Saúde, Jesus Queiroz Baird (PP) foi condenado pela terceira vez pelo crime de improbidade administrativa.

 

Na condenação dada no dia 26 de agosto de 2021, o Juiz de Direito Francisco Soliman 

sentenciou “Jesus Queiroz Baird e Paulo José Silva, ambos qualificado nos autos, pela prática dos atos de improbidade administrativa que importaram enriquecimento ilícito. De acordo com as informações do site Costa Rica em Foco, já a segunda sentença dada em 17 de agosto de 2021, o Juiz Francisco Soliman condenou Jesus Queiroz Baird pela prática dos atos de improbidade administrativa que causaram lesão ao erário tipificados no art. 10, incisos II e XII, da Lei 8.429/92, e na forma do art. 12, II, do mesmo diploma legal. 

 

Neste processo o magistrado também determinou a suspensão dos direitos políticos de Baird por cinco anos, o pagamento de multa e ressarcimento ao erário público - que ainda serão calculados - e sua exoneração do cargo de secretário, após o trânsito em julgado da sentença.

 

Agora cabe ao atual prefeito de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos (PP) exonerar o atual secretário ou aguardar o trânsito em julgado das decisões condenatórias.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix