Quinta-feira, 30 de Maio de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 14 de Julho de 2021, 11:51 - A | A

Quarta-feira, 14 de Julho de 2021, 11h:51 - A | A

Desenvolvimento

Piso Salarial dos profissionais da saúde e educação é aprovado

Projeto foi aprovado por todas as instâncias municipais

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/PMC

Piso Salarial dos professores e profissionais da saúde é aprovado

Reunião promovida para debater a viabilidade da proposta

Prefeitura de Coxim anunciou nesta quarta-feira (14), a implantação do piso salarial dos professores, Agentes Comunitários De Saúde (ACS) e Agentes de Combates a Endemias (ACE) do município. Após a aprovação do prefeito Edilson Magro, o projeto recebeu parecer favorável dos vereadores da Câmara Municipal de Coxim na última terça-feira (13).

 

A medida foi viabilizada após diversas reuniões e debates entre poderes executivo e legislativo, e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Coxim (SINSMC). Conforme a assessoria, o prefeito Edilson Magro anunciou o ajuste, contudo por recomendação do Tribunal de Contas do Estado de MS (TCE) e do Ministério Público de MS (MPMS), foi orientado que os prefeitos não deveriam conceder reajustes salariais durante a pandemia da Covid-19, resultando no adiamento da decisão. 

 

Após a recomendação do TCE o dirigente municipal avaliou a concessão do benefício junto a sua equipe técnica e jurídica, e apresentou dados que comprovam a capacidade financeira do município. Segundo a prefeitura, o piso salarial nacional do magistério está previsto em Lei, contudo os profissionais estão desde janeiro do ano passado trabalhando e recebendo salários abaixo do piso nacional. Situação que se repete com os agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias, que não receberam o piso salarial nacional da categoria, mesmo efetivado por Lei Federal, com recursos repassados pelo Governo Federal.

 

Divulgação/PMC

Prefeitura institui piso salarial de profissionais da saúde e educação

                            Prefeito Edilson Magro

Prefeito de Coxim, Edilson Magro destaca que a medida estava definida em Lei Federal desde 2020. “Estamos amparados legalmente e temos capacidade financeira para realizar esta implementação, que não poderia ser realizada se não tivéssemos com as contas equilibradas. Enxugamos a máquina pública, ouvimos a nossa equipe comandada pela Secretária de Gestão Veronildes Batista, o sindicato e os vereadores, tenho certeza que tomamos a decisão certa, que é acima de qualquer  valor financeiro, o respeito ao servidor público”, explicou o prefeito.

 

De acordo com a administração municipal, foi acordado que com a implementação do piso base salarial dos ACE e ACS, o pagamento será realizado em 12 parcelas em outubro e retroativo a janeiro de 2021. O reajuste salarial de 12,84%, solicitado pelos profissionais da rede pública de ensino e aprovado em julho de 2020, será parcelado em 12 vezes, a partir de outubro deste ano e retroativo a 01/01/2020. Também estão previstos o pagamento dos dos professores aposentados em uma única parcela, ou em menos parcelas que os professores ativos, seguindo as normas do Instituto Municipal de Previdência dos Servidores de Coxim (IMPC).

 

Comente esta notícia