Coxim/MS, Terça-Feira, 16 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022, 12h:11
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura vai revitalizar antiga rodoviária e espera atrair investimentos para região

Obras deverão estar concluídas em um ano

Iury de Oliveira
Capital News

Divulgação/Prefeitura de Campo Grande

Prefeitura vai revitalizar antiga rodoviária e espera atrair investimentos para região

O ato de assinatura da ordem de serviço para as obras

 

A prefeitura de Campo Grande vai revitalizar o espaço onde era o antigo Terminal Heitor Eduardo Laburu, a antiga rodoviária desativada há 12 anos. Na obra serão aplicados recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional no valor de R$ 15.340.247,13, obtidos por meio de emenda da bancada federal. A Prefeitura entrará com uma contrapartida de R$ 1.258.893,64, totalizando  investimento de R$ 16.598.800,77.  A previsão é que as obras estejam concluídas em um ano.

 

A assinatura das obras de requalificação das áreas públicas foi feita em solenidade nesta sexta-feira (01), na antiga rodoviária.

 

O projeto de revitalização abrangerá as áreas públicas nos dois pisos do prédio, que somam 5,1 mil m² e a construção de 3,5 mil m², em dois andares, na Rua Joaquim Nabuco, entre as antigas plataformas de embarque e desembarque dos ônibus do transporte municipal. O espaço vai abrigar a Guarda Civil Metropolitana e a Funsat. Nesta parte do prédio, funcionavam as plataformas de embarque e desembarque dos ônibus intermunicipais e o piso superior, com 1.460,09 m², abrigava os guichês para venda de passagens.

 

O espaço das antigas plataformas externas será adaptado para se tornar um corredor de acesso à galeria e ao edifício público, transformado em um grande calçadão com jardins contemplativos. São 2.326,53 m² margeando as ruas Joaquim Nabuco e Vasconcelos Fernandes.

 

O espaço em que funcionava o terminal de transbordo do transporte coletivo, será transformado em área de estacionamento no horário comercial. O piso será nivelado para se tornar um grande platô, espaço multiuso para eventos. O projeto contempla ainda soluções viárias para garantir maior segurança no trânsito e vagas de estacionamento, facilitando o acesso do que já foi uma das mais movimentadas galerias comerciais da cidade, um embrião do que são hoje os shoppings.

 

A prefeitura espera que a obra vai atrair investimentos não só para a reabertura do antigo centro comercial, mas também para toda a região. 

 

A prefeita avalia que a revitalização do prédio integra o projeto de desenvolvimento da cidade e contempla também o acolhimento das pessoas em situação de rua no entorno. “Este é um dia histórico. Representa um marco da largada para o resgate não só deste prédio, mas desta região que passou por décadas de degradação. Peço a vocês comerciantes, aqui estabelecidos, bem como a toda a população, que tenham um pouco mais de paciência. Como toda obra, seja de reforma ou construção, gera desconfortos, mas certamente valerá a pena. Garanto que a revitalização da antiga rodoviária é irreversível. Os recursos estão assegurados, a empresa contratada”, destacou a prefeita.

 

O ato de assinatura da ordem de serviço teve a participação de secretários municipais, vereadores Betinho (Republicanos) e Coringa (PSD), do deputado Lidio Lopes (Patriota), representando a Assembleia Legislativa e o deputado federal, Fábio Trad (PSD), representando a Câmara de Deputados.

Divulgação/Prefeitura de Campo Grande

Prefeitura vai revitalizar antiga rodoviária e espera atrair investimentos para região

O ato de assinatura da ordem de serviço para as obras

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix