Coxim/MS, Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019, 10h:54
Tamanho do texto A - A+

Programa de saúde para pessoas carentes termina hoje em Aquidauana

No total mais de 33 mil pessoas já foram atendidas

Adriana Ximenes
Capital News

Divulgação

Programa de saúde para pessoas carentes termina hoje em Aquidauana

A implementação desse atendimento especializado aconteceu após a Caixa dos Servidores perceber a carência de médicos especialistas no interior do estado.

 

Nesta segunda-feira (14) acontece o encerramento do programa de assistência à saúde Cassems Itinerante que levou atendimento especializado no município de Coxim e encerra com Aquidauana. Inicialmente o programa começou em 2013, e já atendeu mais de 33 mil pessoas em todo o estado e só em 2018, aproximadamente 8 mil beneficiários foram atendidos pelos profissionais levados pela ação. 

 

A implementação desse atendimento especializado aconteceu após a Caixa dos Servidores perceber a carência de médicos especialistas no interior do estado. Dessa forma, o principal objetivo do programa é amenizar as dificuldades encontradas pela população do interior do Estado no acesso à medicina especializada, nos locais onde não há disponibilidade desses serviços na Rede Própria ou na Credenciada.

 

Para a diretora de Assistência à Saúde da Cassems, Maria Auxiliadora Budib, o sucesso das ações depende da parceria dos profissionais de saúde em aceitar o deslocamento para realizarem os atendimentos no interior. “Nós criamos o cronograma baseado nas necessidades locais, analisando sempre a viabilidade administrativa e também do profissional, dessa forma, montamos o calendário que é divulgado com antecedência para os nossos beneficiários”.

 

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, lembra que a falta ou a má distribuição de médicos, que tem sido tema de debates nacionais, levaram a Caixa dos Servidores a criar o programa. “Nós sabemos o quanto sofremos com a ausência de profissionais em nossas regionais e hospitais. Começamos a criar um grupo de profissionais diferenciados, interessados em caminhar conosco neste atendimento itinerante e que, sobretudo, tenham a esperança de minimizar os problemas de atendimento no interior”, ressalta.

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix