Coxim/MS, Segunda-Feira, 15 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 04 de Julho de 2022, 15h:11
Tamanho do texto A - A+

Sobrevoo dos Bombeiros identifica focos de incêndio no Pantanal

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/Corpo de Bombeiros

Fogo no Pantanal

As regiões do Passo do Lontra e Formigueiro estão com focos de incêndios

As regiões do Passo do Lontra e Formigueiro são os caminhos do destino das equipes do Corpo de Bombeiros de Corumbá, após a detecção de focos de incêndios. 

Equipes se deslocaram neste domingo, 03 de julho, para a região do Formigueiro, onde há registro de incêndio em vegetação. No Passo do Lontra, no Pantanal, também há queimadas e um sobrevoo foi realizado para identificar a gravidade dos focos.

Conforme informou a assessorias dos bombeiros, os focos de calor estão em áreas isoladas e de difícil acesso em ambas as regiões, com acesso apenas via fluvial, com embarcações pequenas. Por isso, o sobrevoo foi feito para identificar os locais atingidos pelo fogo.

Há registro de muita fumaça, que é visível pelo rio Paraguai e fazendas próximas. Para conter as chamas, militares de Campo Grande foram acionados e vão dar apoio às equipes locais. A previsão é que eles cheguem ainda nesta segunda-feira, 04 de julho, em Corumbá. Serão 20 militares e quatro viaturas empregadas na operação.

Além disso, uma equipe de Corumbá e outra de Aquidauana também estarão no combate aos focos, totalizando 28 militares a partir da tarde de hoje.

O Sistema de Comando de Incidentes (SCI), que é uma equipe de gerenciamento, também está sendo acionada. A aeronave Air Tractor, para o combate aéreo dos focos, ficará disponível, aguardando retorno das equipes em campo.

 

Focos de incêndio

Dados atualizados até domingo, 03 de julho, pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), informam que Corumbá lidera o ranking de cidades do País com maior número de queimadas, com total de 29 focos desde 1º de julho. Depois, vem o município de Pium, no Tocantins, com 26.

Já nas últimas 48h, Corumbá está na segunda posição, com 21 focos registrados. De janeiro até esse início de julho, Corumbá contabilizou 420 focos de queimadas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix