Coxim/MS, Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Trânsito
Sábado, 14 de Dezembro de 2019, 11h:33
Tamanho do texto A - A+

Embriagado, professor atropela quatro pessoas

Nenhum dos ocupantes do carro ficou feridos

Elaine Silva
Capital News

 

Rio Brilhante em Tempo Real

Professor embriagado

Vítimas foram socorridas

Um professor de 28 anos foi preso por dirigir embriagado e causar um acidente deixando quatro pessoas feridas. Caso aconteceu na última sexta-feira (13), na Avenida Augusto Augusto Lopes da Silva, Bairro Pró Pró Moradia XIV, em Rio Brilhante.

 

Entre os feridos está uma criança de 2 anos que estava na cadeirinha em uma bicicleta com a mãe e o pai. Uma ciclista de 62 anos também foi atingida pelo veículo Gol de branco, do  professor.

 

No carro também estavam dois adolescentes, mas nenhum dos ocupantes ficou ferido, conforme o site Rio Brilhante em Tempo Real.

 

O acusado teria perdido o controle, e na capotagem atingiu primeiro a idosa que caiu ao solo em seguida com o veículo atropelou os três da mesma família, marido esposa e a menina de 2 aninhos. A Polícia Militar foi acionada e prendeu o motorista em flagrante. 

 

No teste de alcoolemia (bafômetro) o resultado foi 0.85ml de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. A ocorrência foi encaminhada para Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante.

 

As vítimas foram socorridas para o hospital de Rio Brilhante de onde o pai foi transferido para um hospital de Dourados devido a gravidade dos ferimentos, com as duas clavículas e um braço fraturados.

 

A mãe continua em observação em Rio Brilhante e a idosa foi atendida e liberada. Até 01h30 da manhã deste sábado a criança aguardava vaga em outro hospital, pois a mesma apresenta ferimentos graves na face e TCE (Traumatismo de Crânio Encefálica). Até esse horário o hospital de Rio Brilhante não estava conseguindo vaga pela central de regulação.

 

Como a família tem plano de saúde, a transferência do homem foi feito por ambulância do plano que se deslocou de Dourados para Rio Brilhante por volta das 22h.

 

Estava sendo pedida vaga para transferir a criança pelo plano e também pelo SUS em cidades como Dourados, Campo Grande e Três Lagoas, mas até o início da madrugada os pedidos eram todos negados.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix