Coxim/MS, Terça-Feira, 16 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Trânsito
Sexta-Feira, 17 de Junho de 2022, 08h:58
Tamanho do texto A - A+

Emissão de novas CNH em MS foi 40,8% maior no mês de Maio

Maio também foi recorde no número de renovações

Iury de Oliveira
Capital News

Divulgação/Governo do Estado

Emissão de novas CNH em MS foi 40,8% maior no mês de Maio

No total, pouco mais de três mil novos motoristas estão rodando pelas ruas do Estado

 

Em maio, Mato Grosso do Sul recebeu 40.8% a mais de novos motoristas do que no mês anterior. Segundo informações da Diretoria de Habilitação do Detran-MS, 3.023 novas carteiras de primeira habilitação foram emitidas somente no mês passado, contra 2.146 registradas em abril.

 

Os novos motoristas foram os últimos do Estado a receber a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) no modelo antigo, já que no dia 1º de junho foi lançado em Mato Grosso do Sul para todo o País, a nova habilitação, com muito mais informações e elementos gráficos que prometem dificultar as falsificações e fraudes.

 

Maio também foi recorde na emissão dos documentos de habilitação contabilizando as renovações e mudanças de categorias, com 25.256 expedições, 74,2% a mais do que o primeiro mês do ano.

 

De acordo com a diretora de Habilitação, Lina Issa Zeinab, o aumento dos números se deve ao acúmulo do período de renovação, ou seja, as CNHs vencidas em 2021 estão prorrogadas para renovação até o mesmo mês de 2022. Dessa forma, além da demanda normal de vencimento do mês referente ao ano corrente, há a demanda que precisa renovar dos condutores vencidos no ano passado.

 

Conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), dirigir com CNH vencida há mais de 30 dias é uma infração gravíssima. A multa para esse tipo de penalidade é de R$ 293,47, ou seja, quase R$ 300.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix