00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Coxim Segunda-feira, 01 de Julho de 2013, 08:29 - A | A

Segunda-feira, 01 de Julho de 2013, 08h:29 - A | A

CPI da Saúde da Assembleia Legislativa será em Coxim

Da Redação. Capital News (www.capitalnews.com.br)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades no repasse de verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) para unidades de 11 municípios do Estado estará em Coxim, nesta segunda-feira (1/07). Os deputados estaduais pretendem ouvir o diretor do Hospital Regional de Coxim, Marcelo César de Arruda Ferreira; o ex-presidente do Conselho Municipal de Saúde Pública, Franciel de Oliveira e a atual presidente do Conselho Municipal de Saúde de Coxim, Eliza Magali Nantes Vieira.

Também devem ser ouvidos os ex-secretários municipais de Saúde Pública, Mário Nakada e Gilberto Portela Lima e o atual secretário, Rogério Márcio Alves Souto, na sessão marcada para acontecer na Câmara Municipal, às 14h. Na terça-feira (2/07), o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, recebe os deputados que compõem a CPI da Assembleia Legislativa. Os parlamentares irão à Brasília para solicitar apoio do Governo Federal nas investigações.

Capital - Nesta quinta-feira (27), a CPI ouviu o depoimento do secretário municipal de Saúde de Campo Grande, Ivandro Corrêa Fonseca. Com documentos, Ivandro apontou a existência de problemas graves na estrutura física dos prédios de unidades básicas de saúde da Capital, deficiência em equipamentos, medicamentos e suplementos hospitalares, além da falta de médicos.

Para ajudar no trabalho de investigação, os deputados decidiram criar um e-mail ([email protected]) para os cidadãos denunciarem irregularidades nas unidades hospitalares. Também foi criada uma fanpage (facebook.com/cpidasaudeemms) para que as pessoas possam acompanhar os trabalhos que estão sendo feitos pela CPI da Saúde da Assembleia Legislativa.

Composta pelos deputados Amarildo Cruz (PT) - presidente, Lauro Davi (PSB) - vice-presidente, Junior Mochi (PMDB) - relator, Mauricio Picarelli (PMDB) - vice-relator e Onevan de Matos (PSDB), a CPI investiga irregularidades nos repasses dos recursos do SUS para unidades de Campo Grande, Corumbá, Paranaíba, Dourados, Três Lagoas, Jardim, Coxim, Aquidauana, Nova Andradina, Ponta Porã e Naviraí.

Comente esta notícia