Quinta-feira, 23 de Maio de 2024


Coxim Quinta-feira, 05 de Junho de 2014, 14:08 - A | A

Quinta-feira, 05 de Junho de 2014, 14h:08 - A | A

Ministro da Agricultura recebe senadores em prol do rio Taquari

Taciane Peres - Capital News (www.capitalnews.com.br)

Os senadores Delcídio do Amaral (PT), Waldemir Moka (PMDB) e Rubem Figueiró (PSDB), que representam Mato Grosso do Sul em Brasília reuniram-se nesta quinta-feira, (5) com o ministro da Agricultura, Neri Geller, para discutir a liberação de recursos destinados a recuperação do Rio Taquari.

De acordo com o senador Delcídio do Amaral, o ministro conhece a realidade e as demandas necessárias para a recuperação do Taquari. "O ministro conhece o assunto porque enfrentou no Mato Grosso situações muito assemelhadas com a que nós vivemos hoje no Taquari. Propusemos o remanejamento de parte dos recursos de uma emenda de bancada para começar a executar o projeto apresentado pelo Cointa (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari), representado pelos prefeitos Adão Rolim, de São Gabriel do Oeste, Waldeli Rosa, de Costa Rica, Wanderley Mota, de Pedro Gomes, Marcelo Duailibi, de Camapuã, e o de Rio Verde, Mário Kruger. Temos que ter celeridade, principalmente nas ações de recuperação das matas ciliares”, comenta o senador.

Ainda de acordo com o parlamentar, são necessários, a curto prazo, recursos para a contratação de serviços. “A intenção é remanejar parte dos recursos do Ministério da Integração, uma vez que, de acordo com os estudos do Cointa, é preciso investir de R$ 5 milhões a R$ 8 milhões nessa etapa. A diferença para os R$ 23 milhões, que é o valor total da emenda de bancada, nós transferiríamos para o Ministério da Agricultura, de comum acordo: Ministério do Planejamento, Ministério da Agricultura e Ministério da Integração”, explicou Delcídio.

O senador revelou que os outros ministros também serão procurados pela bancada. “Vamos também a Integração e ao Planejamento conversar com os ministros Francisco Teixeira e Miriam Belchior para cobrar celeridade no processo. Temos compromisso com a sustentabilidade e com a revitalização do Rio Taquari, que é uma grande riqueza de Mato Grosso do Sul e sofre, com o assoreamento, um dos maiores desastres ambientais do Brasil”, finalizou.

 

 

 

Comente esta notícia