Coxim/MS, Terça-Feira, 31 de Março de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 18h:29
Tamanho do texto A - A+

Carga de energia do Brasil recua para níveis de fim de semana

Coronavírus levou ao fechamento temporário de vários negócios

Hélder Rafael
Capital News

Reprodução/Internet

MS vai receber R$ 900 milhões em investimento na transmissão de energia

 

A demanda por eletricidade, importante indicador da atividade econômica, iniciou a semana com forte baixa no Brasil, em meio a medidas de isolamento decretadas por governos contra o coronavírus que levaram ao fechamento temporário de diversos negócios, cortando a carga de energia a níveis geralmente vistos em sábados ou domingos.

 

A carga, uma soma do consumo de energia com as perdas na rede, somou 61,7 gigawatts médios na terça-feira (24). O volume ficou 15,9% abaixo do visto na terça-feira passada, antes que efeitos da pandemia sobre o consumo ficassem mais evidentes.

 

"Isso demonstra que o consumo está em níveis típicos de um final de semana", disse o presidente da unidade de comercialização da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Franklin Kelly Miguel.

 

A redução da atividade econômica com as medidas de isolamento, que têm sido adotadas em todo o mundo para reduzir a velocidade de propagação do coronavírus, tem gerado preocupação no presidente Jair Bolsonaro, que passou a defender uma retomada da "normalidade" e o isolamento apenas de pessoas com perfil de risco.

 

Governadores, no entanto, têm rebatido o presidente e sinalizado por ora a manutenção das quarentenas, que determinam o fechamento de diversas lojas, shoppings e outras atividades consideradas não essenciais.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix