CapitalNews

Sábado, 22 de Janeiro de 2022, 12h:35

Casos de estupro caíram 13,5% em Mato Grosso do Sul

Pedidos de medidas protetivas aumentaram em 8,5%

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação

Casa da Mulher Brasileira

Casa da Mulher Brasileira

 

Casos de estupro tiveram uma redução de 13,5%, sendo de 1.685 para 1.458, em Mato Grosso do Sul, segundo o levantamento estatístico desenvolvido pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul entre os meses de janeiro e dezembro de 2021. 

 

Dados também apontam uma redução nos crimes de Feminicídio em todo o Estado. Os números demonstram uma queda de 12,8% neste tipo de crime. Vindo de 39 em 2020, para 34, em 2021. Neste período, as Delegacias de Atendimento à Mulher (DAM), em todo o interior do Estado, e a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), que atende à Capital, foram responsáveis pelo registro de 17.693 ocorrências. Apenas em Campo Grande, a redução chegou aos 83%. Caindo de 12, para apenas dois casos.

 

Ainda segundo o levantamento as Delegadas de Polícia representaram por 7.837 medidas protetivas. Aumento de 8,5% na comparação com o ano anterior (de 7.222 para 7.837). Foram lavrados 725 autos de prisão em flagrante (aumento de 9%) e cumpridos 395 mandados de prisão (+22%). Ao todo foram instaurados 10.183 Inquéritos Policiais. 

 

“As equipes que atuam nas Delegacias de Atendimento à Mulher do MS estão preparadas e equipadas para dar todo o suporte necessário para que casos de violência doméstica não evoluam para o feminicídio. As ações realizadas por nossos policiais estimulam a vítima a procurar a Polícia Civil. A vítima sabe que pode contar com a instituição na luta contra este tipo de violência”, destaca o  Delegado-Geral da Polícia Civil, Adriano Garcia Geraldo.

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br