Coxim/MS, Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Sexta-Feira, 14 de Agosto de 2020, 13h:55
Tamanho do texto A - A+

Após decisão do STJ, Queiroz é conduzido para cadeia

Ministro do STJ revogou a autorização de prisão domiciliar dele da esposa, Marcia Aguiar

Flávio Veras
Capital News

Policia Civil

Fabricio Queiroz

Fabricio Queiroz, ex-assessor e ex-motorista do senador Flávio Bolsonaro

Fabrício Queiroz deixou sua casa, na Zona Oeste do Rio, na manhã desta sexta-feira (14), para fazer um exame médico que já havia sido determinado pelo Tribunal de Justiça do Rio, segundo o advogado. Na última quinta (13), o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que revogou a prisão domiciliar dele e de sua mulher, Márcia Aguiar.

 

O ex-assessor saiu de casa, na Taquara, às 11h20, com um carro oficial do poder judiciário. Por volta das 12h, Queiroz chegou a uma clínica privada na Barra da Tijuca. Ele retornou para casa às 13h15 e, em seguida, o carro do Tribunal de Justiça também deixou o local.

 

O ministro determinou que o Tribunal de Justiça do Rio analise, com urgência, a situação dos dois. Enquanto isso, fica restabelecida a ordem de prisão de Queiroz e Márcia em regime fechado.

 

A defesa de Queiroz informou que recebeu com surpresa a decisão do ministro e que está tomando todas as medidas legais para revertê-la, pelo risco que existe à saúde dele e de sua mulher em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo a defesa, eles fazem parte de grupo de risco.

 

Queiroz é apontado pelo Ministério Público como operador financeiro do esquema das "rachadinhas". As irregularidades teriam ocorrido no gabinete de Flávio Bolsonaro quando ele era deputado estadual do Rio de Janeiro. O parlamentar nega as acusações.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix