00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Polícia Terça-feira, 19 de Maio de 2020, 12:58 - A | A

Terça-feira, 19 de Maio de 2020, 12h:58 - A | A

Procura-se

Homem estupra ex e ameaça matar filho em Costa Rica

Acusado ainda manteve a vítima em cárcere privado por dois dias

Elaine Silva
Capital News

MS Todo Dia

Delegacia Costa Rica

Delegacia de Costa Rica

Um homem de 26 anos,  é investigado por suspeita de estuprar a ex-mulher, 20 anos, mantê-la em cárcere e ameaçar matar o filho do casal de dois anos. Caso aconteceu em Costa Rica. 

 

A vítima relatou que se separou do rapaz e que ambos compartilham a guarda do filho. No sábado passado, ele pediu para o irmão buscar a criança, para que passassem o final de semana juntos. Mais tarde, entrou em contato com a ex-mulher alegando que a criança seria internada na Fundação Hospitalar e que precisava dos documentos, conforme o delegado Cleverson Alves dos Santos. 

 

Ele então pegou documentos com a vítima e supostamente retornou ao hospital. No entanto, momentos depois ligou novamente para a vítima, alegando que o menino seria transferido para Mineiros (GO) e que ele precisava se encontrar com ela. Na frente do hospital, a mulher foi abordada pelo ex, que estava com o filho no carro.

 

Agindo de forma violenta, ele à forçou a entrar no veículo e seguiu sentido região do Copo Sujo, onde sacou uma arma tipo pistola e ameaçou atirar no filho caso a vítima saísse do carro. Ele então retornou para a cidade, parou e estuprou a vítima perto de um córrego. Em seguida, a levou para a casa dele, onde a trancou em um quarto e voltou a violentá-la sexualmente.

 

O acusado ainda encontrou em contato com a ex-sogra para afirmar que a filha dela e a criança estavam bem e que o menino estava tomando soro, segundo o site MS Todo Dia. Acusado manteve a vítima trancada até o dia seguinte, quando a liberou dizendo que se a polícia fosse acionada, mataria a criança. Ele está foragido. 

 

Comente esta notícia