Quarta-feira, 22 de Maio de 2024


Polícia Sábado, 05 de Fevereiro de 2022, 11:13 - A | A

Sábado, 05 de Fevereiro de 2022, 11h:13 - A | A

Crime

Paulista é multado em em R$ 216,5 mil por maus tratos

Autor deixou 433 cabeças de gado sem alimento e água e nove morreram

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PMA

Paulista é multado em em R$ 216,5 mil por maus tratos

Nove animais morreram

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica receberam denúncias nesta sexta-feira (4) de possíveis maus-tratos a animais, em virtude de abandono de gado sem pastagem, em uma fazenda no município de Alcinópolis. 

 

O proprietário da fazenda de 30 anos, residente em Jales (SP) foi autuado administrativamente e multado em R$ 216.5 mil por maus tratos aos animais. O autuado também responderá por crime ambiental de maus-tratos, com pena de três meses a um ano de detenção.

Divulgação/PMA

Paulista é multado em em R$ 216,5 mil por maus tratos

Paulista é multado em em R$ 216,5 mil por maus tratos

 

No local os policiais encontraram todos os animais estavam extremamente debilitados, com partes ósseas expostas e nove animais já estavam mortos devido à desnutrição pela falta de alimentação e, alguns, até água, pois não havia caixas ou outras formas de disponibilizar água para os animais e o gado bebia acúmulos em poças de lama provenientes da enxurrada durante as chuvas. Em cochos que haviam no local não havia nenhum tipo de alimento.

 

Conforme a PMA, os policiais manteve contato com a Agência Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO) e os técnicos relataram que no ano de 2020, a mesma propriedade teve ocorrência relativa ao gado desnutrido. A equipe apreendeu o gado e notificou o proprietário, que não estava no local, a remover o gado imediatamente para outra propriedade ou adquirir ração para os animais, sob pena de poder responder por crime de desobediência e ser autuado novamente. A IAGRO também foi contatada para as providências sanitárias.

 

Comente esta notícia