Coxim/MS, Terça-Feira, 20 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 24 de Setembro de 2020, 17h:39
Tamanho do texto A - A+

Deputado que prorrogar as inscrição no cadastro agropecuário

PROACAP que vence no próximo dia 30 de setembro

Laryssa Maier
Capital News

Embrapa

Ministério publica regras para avaliação de produtividade de animais

Em maio deste ano, Felipe Orro pediu ao governador a prorrogação do cadastro agropecuário para o mês de setembro

O deputado estadual Felipe Orro indicou na Assembleia Legislativa, a prorrogação por mais 60 dias, do prazo final para a inclusão de informações referentes ao Programa de Atualização do Cadastro de Agropecuária e do Estoque de Animais Bovinos e Bubalinos (PROACAP), que vence no próximo dia 30 de setembro.

 

O expediente foi encaminhado ao governador, Reinaldo Azambuja, e ao secretário de Estado de Fazenda, Felipe Mattos de Lima Ribeiro. “São vários os pedidos de pecuaristas e pequenos produtores do Estado, principalmente das regiões mais afastadas do Pantanal sul-mato-grossense, que vem tendo dificuldades para levantar a documentação necessária à atualização cadastral referente ao PROACAP”.

 

Conforme Felipe Orro, uma das razões que dificultou para os produtores rurais concluírem o cadastramento do rebanho é a pandemia do novo coronavírus que afetou todo o País, “esta crise trouxe enormes desafios aos pecuaristas que possuem estoque de animais bovinos e bubalinos, sobretudo aos pantaneiros que enfrentam dificuldades de locomoção aos centros urbanos, bem como pela falta da medição necessárias de algumas área, para o levantamento de documentos destinados à atualização do cadastro”, explica.

 

Além disso, o momento no Pantanal é de calamidade extrema em função das queimadas que vêm ocorrendo em diversos pontos do bioma. “A União já decretou a situação de emergência em Mato Grosso do Sul por conta do crescimento das queimadas na região do pantanal, outro motivo que justifica a ampliação do prazo para os produtores levantarem toda documentação”, ressalta o deputado.

 

Em maio deste ano, Felipe Orro pediu ao governador a prorrogação do cadastro agropecuário para o mês de setembro, sendo atendido pelo governo que publicou no Diário Oficial do Estado o decreto normativo concedendo aos produtores rurais maior prazo. Entretanto, com todas estas dificuldades enfrentadas, não foi suficiente para atualizarem a tempo o cadastramento do estoque de seus rebanhos. 

 

"No primeiro prazo, recebemos diversas solicitações dos pecuaristas que na época já estavam com muitas dificuldades por conta da pandemia. Contudo, reiteramos o pedido de prorrogação deste prazo para as devidas atualizações", finaliza o deputado.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix