Coxim/MS, Terça-Feira, 05 de Julho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 25 de Maio de 2022, 11h:14
Tamanho do texto A - A+

João Henrique se defende após atirar durante sessão da Assembleia

Parlamentar citou primeira medalha de ouro do Brasil em Olimpíadas

Iury de Oliveira
Capital News

Victor Chileno/Assembleia Legislativa

João Henrique se defende após atirar durante sessão da Assembleia

Deputado João Henrique Catan (PL)

O Deputado João Henrique Catan (PL) se defendeu do procedimento de investigação aberto contra ele após o deputado aparecer atirando durante sessão remota da Assembleia Legislativa no dia 17 de maio. 

 

O parlamentar citou em seu discurso feito na sessão desta quarta-feira (25) Guilherme Paraense e Afrânio Antônio da Costa. Paraense foi o primeiro atleta brasileiro a conquistar uma medalha de ouro em Jogos Olímpicos, tendo conquistado nos Jogos da Antuérpia em 1920 na modalidade tiro esportivo. Afrânio conseguiu a prata na pistola livre (50m) individual

 

 

João Henrique começa seu discurso homenageando os atletas dizendo as dificuldades que enfrentaram para disputar as olimpíadas e em seguida disse que o tiro esportivo está sendo usado contra ele. “Esse esporte que eu amo, que trouxe a primeira medalha de ouro do Brasil está sendo colocado como algo violento nessa representação" disse o parlamentar.

 

Ele pede o arquivamento da representação.

 

Entenda o caso 

 

Na sessão do dia 17 de Maio, o deputado João Henrique Catan (PL) ao defender um projeto de Lei que reconhece o risco da atividade de atirador desportivo no Estado, efetuou disparos com uma pistola. Ele estava num estande de tiros e participava de forma remota. 

 

Após isso os deputados Pedro Kemp (PT), Amarildo Cruz (PT) e Paulo Duarte (PSB) protocolaram uma representação para apuração da conduta de Catan. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix