Coxim/MS, Sábado, 15 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 15 de Julho de 2020, 08h:22
Tamanho do texto A - A+

Médicos defendem uso da hidroxicloroquina contra a Covid-19

Profissionais usaram da palavra na tribuna da Câmara de Campo Grande

Hélder Rafael
Capital News

CMCG

Médicos defendem uso da hidroxicloroquina contra a Covid-19

Médicos defendem uso da hidroxicloroquina contra a Covid-19

Profissionais da área médica defenderam, nessa terça-feira (14), o uso da hidroxicloroquina no combate a Covid-19. A Câmara Municipal de Campo Grande cedeu a tribuna ao grupo de médicos que concordam com o uso do medicamento nas fases iniciais da doença.

 

“O tratamento realizado na hora correta, com as doses corretas, pode diminuir a hospitalização do paciente e reduzir a evolução da doença. Com minha humildade e desconhecimento de muitas coisas, não entendo realmente a finalidade de não realizar um tratamento precoce, se é isso que pode abreviar a internação. Os tratamentos são promissores e dão resultado. Existe o efeito de cada medicamento. Estamos tentando dar uma chance para aquele paciente. Se ele aceitar, que faça o tratamento mediante a assinatura de um termo”, defendeu Mauri Luiz Comparin, acompanhado dos médicos Sandro Trindade Benites e Marilana Geimba de Lima.

 

A Câmara tem sido palco de debate entre quem defende e condena o uso do medicamento para combater o vírus. O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, participou de live promovida pela Comissão Especial em apoio ao Combate à Covid-19 da Câmara Municipal no último dia 8. Ele deixou a pasta em abril deste ano após discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro, que defendia, ao contrário dele, o uso da hidroxicloroquina para tratamento dos pacientes. 

 

Segundo Comparin, diversos estudos já mostraram a eficiência da medicação. Os primeiros experimentos, realizados entre março e abril, eram aplicados em fases tardias da doença, defendeu o médico. O profissional defendeu ainda a ivermectina, combinada com outros remédios, para reduzir as internações por Covid-19. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix