Coxim/MS, Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019, 10h:58
Tamanho do texto A - A+

Protesto na Câmara Municipal de Coxim pede o afastamento do prefeito Aluizio São José

Servidores públicos cobram fiscalização dos vereadores

Flavia Andrade
Capital News

Valdeir Simão/Diário X

Protesto na Câmara Municipal de Coxim pede o afastamento do prefeito Aluizio São José

Servidores públicos cobram fiscalização dos vereadores

 

Nesta terça-feira (21), durante a sessão ordinária da Casa de Leis, servidores públicos municipais de Coxim, estiveram presentes munidos de faixas com dizeres solicitando o afastamento do prefeito Aluizio São José e realizando cobranças com relação aos pagamentos dos salários. Durante a sessão também foram discutidos e aprovados, dois projetos de Lei Complementar, encaminhado pelo prefeito Aluizio São José (PSB), que reajusta o salário dos funcionários do poder Executivo do município.

 

Presidida pelo vereador Vladimir Ferreira (PT), houveram ainda durante a sessão, De acordo com o Diário X, vários momentos onde os ânimos e a tensão aumentaram, com vaias e gritos, sendo necessário o uso da campainha de alerta do plenário, para que a ordem fosse restabelecida e os vereadores conseguissem prosseguir com os discursos.

 

Ainda conforme o site Diário X, os servidores públicos municipais de Coxim pedem o afastamento do prefeito Aluizio São José, com a apresentação de faixas com os dizeres: Afastamento do Prefeito Já! Cadê Meu Pagamento? Queremos Fiscalização Já!

 

Valdeir Simão/Diário X

Protesto na Câmara Municipal de Coxim pede o afastamento do prefeito Aluizio São José

Servidores públicos cobram fiscalização dos vereadores

Os servidores municipais estavam vestindo camisetas com a mensagem: "Contra a omissão vote com Prestígio na próxima eleição". Tabletes de chocolate da marca Prestígio também foram distribuídos para os vereadores. Essas ações onde os manifestantes utilizaram o chocolate Prestígio, foram para contrariar o que um site do município de Coxim publicou, demonstrando que o presidente do Sindicato dos Servidores e Funcionários Públicos Municipais de Coxim,  Paulo Monteiro, desfruta de prestígio, respeito e credibilidade com a sua categoria.

 

De acordo com o texto do projeto aprovado durante a sessão ordinária desta terça-feira (21), o reajuste salarial do funcionalismo público de Coxim foi aprovado com a seguinte redação:

 

- Projeto de Lei Complementar nº 01/2019, que reajusta em 4,17% (quatro vírgula dezessete por cento), a partir do mês de dezembro de 2019, para o pessoal administrativo.

 

- Projeto de Lei Complementar nº 02/2019, que reajusta em 4,17% (quatro vírgula dezessete por cento), os vencimentos dos professores N-I, retroativo ao mês de janeiro de 2019 e em 2,17% (dois vírgula dezessete por cento) os vencimentos do magistério municipal a partir do N-II, retroativo ao mês de janeiro de 2019, e a partir de outubro de 2019 em 2,00% (dois por cento).

 

Antes de terminar a sessão, os servidores públicos municipais de Coxim deixaram o plenário, com gritos de greve, concentrando-se na frente da Câmara Municipal de Coxim. 

 

A Polícia Militar e seguranças de uma empresa terceirizada acompanharam a sessão, mantendo a segurança e a ordem no local. Foram registrados agressivos discursos entre os vereadores, representantes do sindicato e servidores. No entanto, nenhuma ocorrência foi registrada.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix