Coxim/MS, Quarta-Feira, 17 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 24 de Março de 2022, 15h:15
Tamanho do texto A - A+

Se as eleições fosse, veja quem os campo-grandenses escolheriam como presidente

Levantamento foi realizado nas quatro regiões da cidade

Elaine Silva
Capital News

 

Waldemir Barreto/Agência Senado, Isac Nóbrega/PR, Repordução/Facebook, Ricardo Stuckert/Lula e Goberno de SP

Simone Tebet, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Sergio Moro, Lula e João Doria

Simone Tebet, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Sergio Moro, Lula e João Doria

Disputa presidencial em Campo Grande, Mato Grosso do Sul teria o presidente Jair Bolsonaro (PL) à frente do ex-presidente Lula (PT), do ex-ministro Sérgio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e João Doria (PSDB).  

 

Segundo a pesquisa do Instituto Ranking, com mil eleitores, nas quatro regiões da Capital, na consulta espontânea, Jair Bolsonaro lidera com (30,10%) contra (21,40%) de Lula. Logo depois aparece Sérgio Moro (3,70%), Ciro Gomes (2,50%), Simone Tebet (2%) e João Dória (1,60%). Outros citados somam (1,10%) e (37,60%) são os indecisos, os que votam nulo ou em branco e os que não responderam ou não sabem. 

Divulgação/Instituto Ranking

Se as eleições fosse, veja quem os campo-grandenses escolheriam como presidente

Espontânea

 

Estimulada 1

Na estimulada 1 Bolsonaro aparece com (37,20%), Lula com 28,30%, seguido de Moro (5,50%), Ciro (3,40%), Simone (3,20%) e Dória (2,10%). Não sabem, não responderam, votam em branco ou nulo e estão indecisos (20,30%). 

Divulgação/Instituto Ranking

Se as eleições fosse, veja quem os campo-grandenses escolheriam como presidente

Estimulada 1

 

Estimulada 2

Na estimulada 2  entre Bolsonaro e Lula, o atual presidente derrotaria o petista com (48%) a (36,20%). Os eleitores indecisos, que não sabem ou não responderam e que votam nulo ou em branco somaram (15,80%). 

Divulgação/Instituto Ranking

Se as eleições fosse, veja quem os campo-grandenses escolheriam como presidente

Estimulada 2

 

Rejeição 

Lula é quem lidera as rejeições em Campo Grande, Mato Grosso do Sul com (33,50%) das citações. Bolsonaro, em segundo, tem (22%). Na sequência vem Ciro (8,30%); Dória (6,70%); Moro (4%) e Simone (3,40%). São (22,10%) os indecisos, não sabem ou não responderam e votam nulo ou em branco.

Divulgação/Instituto Ranking

Se as eleições fosse, veja quem os campo-grandenses escolheriam como presidente

Rejeição

 

Pesquisa

Pesquisa foi realizada nos dias 18 e 22 de março em todas as regiões de Campo Grande: Anhanduizinho 28,80%; Bandeira 13,40%; Centro 10,10%; Imbirussu 12,60%; Lagoa 13,20%; Prosa 10,00%; Segredo 11,50%; Distritos de Anhanduí e Rochedinho 0,40%, com pessoas acima de 16 anos. 

 

Dos entrevistados 45,80%, são masculinos e feminino 54,20%. Faixa etária: 16 a 24 anos 12,10%, 25 a 34 anos 22.00%, 35 a 44 anos 21,60%, 45 a 59 anos 25,80%, 60 anos ou mais 18,50%. Escolaridade: analfabeto/lê e escreve 3,70%, ensino fundamental incompleto e completo 24,30%, ensino médio incompleto e completo 40,40%, superior incompleto e completo 31,60%. Renda: até 1 salário mínimo 13,10%, de 1 a 2 salários mínimos 20,30%, de 2 a 5 salários mínimos 38%, de 5 a 10 salários mínimos 17,50%, mais de 10 salários mínimos 11,10%.

 

Dados populacionais disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes ao Censo 2010 e TSE/2022. Para um intervalo de confiança de 95% e um tamanho de amostra de 1.000 entrevistas, a margem de erro máxima estimada foi de 3%, para mais ou para menos. 

1 COMENTÁRIO:

Parabéns pela pesquisa e por essa reportagem verdadeira, pois estamos cansados de ver matérias mentirosas a esse respeito...Continuem nesse caminho
enviado por: Rosangela Rodrigues Nogueira em 25/03/2022 às 23:28:46
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix